ver vídeo

Tapas, pesticos e vermutes

tapas

petiscos

vermutes

Se por um lado a união faz a força, no Tapisco a partilha faz a mesa. É através deste conceito que o Chef Henrique Sá Pessoa lança o convite para apreciar tapas e petiscos dos dois lados da fronteira com produtos que faziam falta à cidade de Lisboa.

No número 81 da Rua D. Pedro V, no Príncipe Real, servem-se tapas espanholas, petiscos portugueses e vermutes, sabores tradicionais preparados pelo Chef, que deixa à porta a sofisticação do fine dining, mas nunca a qualidade, a atenção ao detalhe e o sabor.

Sabores ibéricos à moda do Chef, em ambiente confortável de taberna moderna e a qualquer hora do dia.

equipa

equipa

Tanto Henrique como Joana têm forte ligação a Espanha, nomeadamente a Barcelona – ele viaja regularmente para a Catalunha onde tem família; ela formou-se e deu os primeiros passos na área da gastronomia nos seis anos que viveu em Espanha.

henrique sá pessoachef

joana duarte sous-chef

Henrique Sá Pessoa procurou sempre mais conhecimento, técnica e experiência junto das maiores referências da cozinha internacional. Estagiou no restaurante Evo do Chef Santi Santamaria, 1*Michelin, em Barcelona (2007); no El Celler de Can Roca, 3* Michelin, 1º World's 50th Best, em Girona (2015), e no Tippling Club, 23º Asia's 50 Best Restaurants, em Singapura (2014).

Foi nessa altura que se juntou à Multifood, com quem começou a desenvolver projectos tailor made para o grupo, como o Cais da Pedra, em frente ao Rio Tejo, e o balcão com cozinha de autor em parceria com a Revista Time Out no Mercado da Ribeira.

O novo ALMA, no Chiado, abriu em 2015 e, menos de um ano depois, chegou a primeira Estrela Michelin. A prova de que o Chef não ficou a descansar à sombra do reconhecimento chega poucos meses depois: em 2017, convida-nos a conhecer o Tapisco.

Até aos 28 anos, Joana nadava noutras águas. Bióloga marinha de formação e profissão, tinha como único contacto com a cozinha as férias de Verão, em que trabalhava em restaurantes para ganhar dinheiro para viajar. Depois, tudo mudou. O gosto pela área levou-a a procurar uma escola onde pudesse ter formação. A escolha recaiu na Hofmann em Barcelona. Ao mesmo tempo, trabalhava como estagiária no restaurante MOO, com assessoria dos irmãos Roca. Passou pelo Comerc 24 e pelo Tapas 24, do Chefe Carles Abellán, de onde traz muita prática do tipo de cozinha que agora pratica.

Depois de 6 anos em Barcelona regressou a casa. Passou pelo Pedro e o Lobo, Fortaleza do Guincho e cruzou-se com Henrique Sá Pessoa, que a chamou para o Alma. Com outros desafios em mãos, Joana teve que declinar o convite. O tempo haveria de os juntar de novo, atrás do balcão do Tapisco.

Com 32 lugares, 10 deles ao balcão, o Tapisco é o local perfeito para os mais curiosos. É possível espreitar a equipa em ação, a confeção dos pratos e até questionar o Chef sobre um pormenor ou curiosidade acerca do que está a ser preparado.

menu

a nossa ementa

Durante um ano, Henrique Sá Pessoa e a sous-Chef Joana Duarte escolheram os ingredientes, testaram os produtos, afinaram os sabores e criaram um menu variado, sem fronteiras, que reúne referências de cá e de lá, muito familiares a todos os que gostam de partilhar bons momentos à mesa.

  • Salada de Polvo
    com vinagrete e paprika fumada
  • Salada de Ovas
    com vinagrete de pimentos e ovos de codorniz
  • Esqueixada de Bacalao
    com abacate e “ovas” de wasabi
  • Tártaro de Atum
  • Jamón Ibérico de Bellota
  • Tábua de Enchidos Ibéricos
  • La Bomba de Lisboa
  • Croquetas de Jamón Ibérico
  • Patatas Bravas
  • Choco Frito
    com maionese de coentros e lima
  • Gambas al Ajillo
  • Amêijoas à Bulhão Pato
  • Tortilla de Patata
  • Ovos Mexidos
    com espargos verdes
  • Huevos Rotos
    con Paletilla Ibérica
  • Huevos Rotos
    con Morcilla Ibérica
  • Bacalhau à Brás
    com gema confitada
  • Lombo de Atum
    com emulsão de pinhões
  • Bacalhau à Lagareiro
    com batatinha assada
  • Presa de Porco Ibérico
  • Entrecôte
  • Legumes Grelhados
    com salsa Romesco
  • Paella Negra
    con sépia y alioli
  • Açorda de Gambas
  • Ervilhas com Chouriço de Porco Alentejano
    e ovo a baixa temperatura
  • Estofado de Lentejas
    con embutidos Ibéricos
  • Crema Catalana
  • Mousse de Chocolate Negro
    com azeite e flor de sal
  • Mousse de Turrón de Alicante
  • Toucinho do Céu
    com sorvete de tangerina
  • Sorvete de Limão
    com espuma de vermute
  • Tábua de Queijos Ibéricos

Quanto aos Vinhos, há mais de 65 referências de vinho, de Portugal e Espanha. Contudo, o destaque vai para os vermutes, brancos, tintos e rojos.

bar vermute

Inspirado na vizinha Espanha apresentamos a primeira vermuteria da cidade, onde os vermutes ganham um lugar de destaque à mesa na hora da refeição.

A grande janela do restaurante voltada para a rua principal do Príncipe Real garante a quem estiver de passagem uma vista privilegiada para a ação da equipa do bar, e a possibilidade de pedir vermutes e cocktails, a partir do exterior.

bar
vermute

contactos

contactos

morada

Rua D. Pedro V nº 81
1250-093 Lisboa

horário

Segunda a Domingo
das 12h00 às 00h00

fechar
fechar Anterior
Seguinte